Ensino Híbrido x Ensino EAD: entenda as diferenças

ensino EAD
3 minutos para ler

Com novas tecnologias sendo criadas constantemente, cada vez mais vemos formas novas de ensino surgindo e que podem trazer benefícios diversos para os alunos e profissionais de ensino. Dentro desse cenário, vemos duas correntes: a do ensino híbrido e a do EAD.

Ambas, em alguma medida, trabalham com tecnologias online e aprendizagem remota. Mas afinal, quais seriam, portanto, as diferenças entre elas? Para ajudá-lo a tirar suas dúvidas sobre o tema, preparamos um artigo que mostra como cada uma atua e como elas se diferem. Vamos juntos? Boa leitura!

O que é o ensino híbrido?

O ensino híbrido tem como característica principal “juntar o melhor dos dois mundos”: o presencial e o ensino a distância. Assim, o aluno tem, em alguma medida, atividades presenciais e, em outros momentos, ações realizadas totalmente à distância.

Por exemplo, quando um aluno frequenta a sala de aula regular, mas possui atividades que devem ser realizadas e enviadas em uma plataforma, isso é ensino híbrido. Afinal, ele tem as obrigações no ensino presencial (estar em sala de aula) e realiza algumas atividades que potencializam o seu aprendizado.

Algumas das possibilidades para o ensino remoto nesse caso são:

  • exercícios interativos;
  • acompanhamento de conteúdos multimídia;
  • realização de trilha de conhecimento;
  • produção de conteúdo online, entre outros.

Assim, é possível adotar outros padrões metodológicos, entre eles:

ensino EAD

O que é o ensino EAD?

O ensino híbrido, em contrapartida, é aquele que é totalmente realizado na modalidade à distância, ou seja, feito totalmente online. Nesse caso, todo o aprendizado é feito em uma sala virtual, na qual os tutores (ou professores) passam os conteúdos e os alunos podem interagir (caso seja síncrono), ou tirar suas dúvidas em fóruns (caso seja assíncrono).

Dessa forma é possível que pessoas localizadas em regiões distantes do polo de ensino possam participar dos cursos e, assim, terem um ensino de excelência em qualquer lugar do mundo. É o caso, por exemplo, de nossos cursos aqui na Pólis!

Quais as diferenças entre eles?

Em certa medida, todo curso híbrido tem algum momento em que há o Ensino à Distância. Contudo, o EAD não é um ensino híbrido, porque ele é todo realizado sem contato presencial.

Em essência, as diferenças estão nos formatos educacionais. Mas não há prejuízos em um ou o outro. Isso dependerá mais dos objetivos metodológicos, fase de vida, entre outros pontos. Por exemplo, para uma criança, em que há necessidade de socialização, ter a parte presencial é fundamental para gerar essa habilidade.

Para adultos já graduados e que queiram aperfeiçoar seus conhecimentos, o ensino EAD pode ser uma oportunidade para escolher instituições com bons profissionais, com ótimo custo-benefício e que estejam localizadas longe do seu local de origem. E, com isso, não há qualquer tipo de prejuízo em seu aprendizado.

Os cursos EAD, inclusive, podem ser uma oportunidade interessante para que você possa potencializar seus resultados educacionais! Quer saber mais? Confira nosso artigo com as maiores vantagens deles e tire suas dúvidas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário