Por que se especializar em urgência e emergência médica? Veja aqui!

7 minutos para ler

Depois que nos formamos na faculdade de medicina ou nas residências médicas, uma das principais dúvidas é “devo me especializar ainda mais?”. Afinal, o mercado está cada vez mais exigente, e a concorrência cresce constantemente.

Desse modo, em algumas áreas, como a urgência e emergência médica, tem sido imprescindível ter uma formação sólida a fim de conquistar uma boa vaga profissional.

Nesse sentido, é importante escolher uma https://blog.poliscursos.com.br/medicina-do-trabalho/ no mercado e com professores reconhecidos. Isso abrirá oportunidades de aquisição de conhecimento e de networking únicas. Quer saber mais? Acompanhe!

Quais as razões para se especializar em urgência e emergência médica?

Novos desafios

A medicina de urgência e emergência é uma das áreas que têm passado por uma maior mudança nos últimos anos, e isso é muito bom para o médico e para o paciente.

Constantemente, os protocolos e as diretrizes clínicas têm sido reformulados com a finalidade de incorporar o amplo corpo de medicina baseada em evidência produzido nos últimos anos. Ademais, a tecnologia tem revolucionado muitas práticas tradicionais para tornar o atendimento mais rápido e efetivo.

Atualmente, contamos com muitos equipamentos de monitorização de sinais vitais e suporte de vida. Desse modo, é esperado que os profissionais saibam indicá-los e manipulá-los adequadamente para melhorar a expectativa de sucesso do tratamento.

Por exemplo, nos últimos anos, todo o protocolo para diagnóstico e tratamento de sepse foi reformulado. Desse modo, conceitos tradicionais têm sido abandonados. O uso de determinadas vasoativas medicações foi modificado, permitindo uma intervenção mais precoce em caso de gravidade iminente. Além disso, aqueles antigos critérios para resposta inflamatória aguda sistêmica foram abandonados.

Da mesma forma, outra mudança bastante significativa foi a incorporação de novos exames diagnósticos. Recentemente, vários marcadores biológicos foram identificados com a finalidade de oferecer exames menos invasivos, mais sensíveis e mais específicos.

Por exemplo, as dosagens séricas dímero-D, da troponina e de pró-BNP passaram a fazer parte dos protocolos de manejo de tromboembolismo pulmonar, infarto agudo do miocárdio e insuficiência renal aguda respectivamente. Há uma década, não havia nenhuma recomendação nesse sentido.

Desse modo, para estar atualizado com as práticas mais modernas, é imprescindível fazer um curso de especialização. Nele, professores com ampla experiência clínica poderão oferecer as principais atualizações da medicina baseada em evidência com aplicações no cotidiano do profissional.

Maior absorção no mercado

Hoje em dia, a especialização é imprescindível para seguir uma carreira de urgência e emergência. Afinal, muitos hospitais constataram que um generalista não é suficiente para lidar com os principais desafios desse tipo de atendimento. Isso porque há muitas propedêuticas e terapêuticas muito específicas, as quais não são contempladas nos currículos gerais das universidades, por melhores que sejam.

Por outro lado, quando um médico conclui uma https://blog.poliscursos.com.br/medicina-do-trabalho/ renomada no mercado, ele pode ter a segurança do reconhecimento. Afinal, os empregadores saberão que ele passou por um processo de formação aprofundado com avaliações adequadas e conteúdo prático.

Isso garante que você atende ao perfil desejado por eles. Desse modo, você se diferenciará dos seus concorrentes, pois o renome da instituição escolhida dará autoridade para o seu currículo.

Maiores oportunidades de networking

Além disso, na área médica, o networking é um fator muito importante. Frequentemente, um médico consegue se inserir no corpo clínico de um hospital depois da indicação de um colega ou de um professor. Isso é especialmente verdade nas maiores instituições do país, as quais têm processos de seleção muito mais difíceis. Então, além de um bom currículo, uma recomendação pode fazer toda a diferença.

Como grande parte dos professores de boas especializações são membros de equipes médicas importantes, eles podem ser um canal de comunicação relevante. Se você tiver um bom desempenho durante todo o curso e mostrar seu diferencial aos professores, há grandes chances de você conseguir alguma indicação.

Possibilidade de maiores ganhos financeiros

O salário de um profissional é proporcional aos seus anos de educação. Quanto mais qualificado ele for, maior será o salário que ele poderá exigir. Desse modo, em praticamente qualquer área, um pós-graduado será considerado melhor para as colocações de trabalho.

No mundo médico, isso é ainda mais intenso, pois há carência de especialistas no mercado. Esse é o caso da urgência e da emergência, pois, durante muitos anos, a graduação foi considerada suficiente. Então, para atenderem a maior demanda por qualidade, os melhores hospitais começaram a exigir a especialização. Em contrapartida, eles oferecem salários diferenciados aos mais qualificados.

Esse “bônus” pode ser muito significativo. Enquanto os rendimentos médios de um generalista giram em torno de R$ 8.000, os de um emergencista estão em torno de quase R$ 11.000, de acordo com o site Tua Carreira. Portanto, todo o seu investimento em um curso de qualificação terá retorno em menos de dois anos. São raras as oportunidades dessa magnitude no mercado de trabalho.

Por que escolher a pós-graduação em urgência e emergência médica da Pólis Cursos?

Os cursos de especialização da Pólis Cursos são diferenciados no mercado devido ao seu elevado nível de qualidade. Todos os nossos professores são profissionais reconhecidos no segmento e por seus pares.

Além disso, todos são especializados na disciplina que ministram. Com isso, você não corre o risco de ver um profissional de outra área ministrando uma aula geral e sem conteúdo técnico, como ocorre em outros cursos do mercado.

Ademais, nossa missão vai muito além de oferecer um conteúdo teórico e técnico. Queremos que nossos alunos saiam também com uma formação humana para oferecerem um atendimento excelente aos pacientes. Desse modo, ao final, garantimos que você terá adquirido as seguintes competências:

  • capacidade de oferecer um atendimento completo, com todos os conhecimentos e habilidades necessários às principais urgências e emergências no cotidiano de um pronto atendimento;
  • capacidade para prescrever e executar os principais cuidados ao atendimento de urgência;
  • desenvolvimento de visão crítica da emergência e dos cuidados aos pacientes agudos com risco de morte;
  • leitura crítica de artigos científicos, periódicos e diretrizes médicas da área;
  • https://blog.poliscursos.com.br/anestesia-cardiovascular-e-toracica/ e governança de equipes;
  • oferecimento de um atendimento humanizado mesmo no contexto dos atendimentos em pronto-socorro.

Portanto, com a especialização de urgência e emergência médica da Pólis Cursos, você terá toda a formação necessária para oferecer o melhor serviço aos seus pacientes. Além disso, você terá um certificado altamente renomado no mercado, o qual atesta a qualidade dos seus estudos.

Quer saber mais sobre os nossos cursos? Então, não deixe de entrar em contato com a gente!

Você também pode gostar

Deixe um comentário