SESMT: Entenda o que é e para que serve

3 minutos para ler

As legislações trabalhistas conferem uma série de obrigatoriedades para as empresas, a fim de protegerem os profissionais no dia a dia, principalmente no que diz respeito à integridade física e psicológica deles. Por isso, as Normas Regulamentadoras estabelecem normas e formação de equipes para este fim.

Uma delas é o SESMT. Vamos falar mais sobre ele neste artigo e tirar suas dúvidas sobre o tema. Boa leitura.

O que é SESMT?

SESMT é a sigla para Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho. Trata-se de uma comissão formada por profissionais da área de saúde e que possui a função de manter a integridade física dos profissionais das organizações.

Ela é composta por especialistas em saúde do trabalho, podendo incluir:

  • auxiliares de enfermagem;
  • técnicos de enfermagem;
  • enfermeiros do trabalho;
  • técnicos de segurança do trabalho;
  • engenheiros de segurança do trabalho;
  • médicos do trabalho.
SESMT

Para o que serve o SESMT?

O SESMT tem suas funções reguladas pela Norma Regulamentadora nº 4, que traz as diretrizes necessárias para os cuidados com saúde do trabalho. Assim, algumas de suas principais funções trazidas pela NR são:

  • articular o trabalho de engenharia e medicina do trabalho, com o objetivo de reduzir riscos operacionais no ambiente de trabalho, seja com o uso de máquinas ou não;
  • cuidar da gestão de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para todos os colaboradores nas áreas em que o risco não foi neutralizado;
  • tornar-se o responsável técnico pela elaboração e cuidados com o plano de saúde ocupacional da empresa e oferecer o suporte medicinal a demandas de emergência;
  • oferecer suporte médico em caso de emergência;
  • atuar lado a lado e ajudar as atividades da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA);
  • estimular atividades educacionais para os profissionais, com foco em boas práticas de segurança do trabalho.

Assim, ela tem como ação principal auxiliar a minimizar os riscos e preservar a saúde dos profissionais ali presentes, auxilianod no controle de eventuais problemas. Além disso, ela tem um papel importantíssimo: como muitas vezes o risco não pode ser evitado, apenas mitigado, a pessoa pode passar por acidentes e, assim, precisar ter atendimento imediato e rápido.

O SESMT, normalmente, é o primeiro a realizar os primeiros socorros e, assim, minimizar pioras de estado e proteger a saúde e a integridade física dos profissionais.

Como funciona o SESMT?

Nem toda empresa precisa ter uma equipe de SESMT. Normalmente são desobrigados de ter essa equipe as empresas com qualquer classificação de risco e menos de 50 colaboradores. Nos casos em que ele é obrigatório, as empresas que não o implementaram pode estar sujeitas à multa.

Os profissionais podem se dedicar a empresa em tempo parcial (3 horas por dia) ou em tempo integral (6 horas por ida). Os que possuem nível técnico só podem trabalhar em tempo integral.

Estar atento para o funcionamento do SESMT é uma forma de entender como você pode entrar neste mercado. Por isso, se tem interesse em especializar-se em medicina do trabalho, aproveite e conheça nossa pós!

Veja nosso site e tire suas dúvidas sobre o tema.

Você também pode gostar

Deixe um comentário