Quer saber o que é lato sensu e stricto sensu? Saiba aqui!

o que é lato sensu e stricto sensu
3 minutos para ler

Seja qual for sua área de atuação, o mercado de trabalho exige profissionais cada vez mais capacitados. Nessa perspectiva, a educação continuada deve ser almejada por todas aquelas pessoas que desejam ter um diferencial frente às demais.

A escolha de qual caminho seguir depende de muitos fatores, seja interesses pessoais, seja afinidade com o tema e, principalmente, os planos para carreira que o indivíduo tem.

Pensando nisso, vamos sanar de uma vez por todas uma dúvida muito frequente: o que é lato sensu e stricto sensu? Ao terminar o texto, você entenderá quais as diferenças entre ambas as modalidades, além de ter maior conhecimento para decidir em qual delas seguir!

Entenda o que é lato sensu e stricto sensu

Lato sensu, do latim “em sentido amplo”, é uma modalidade que inclui os programas de especialização, assim como os MBA (Master Business Administration).

É uma maneira de especializar-se em determinada área, principalmente se já está no mercado de trabalho. Vale ressaltar que também representa uma oportunidade de aprofundar os conhecimentos em uma área diferente da estava sendo seguida.

Já o stricto sensu, do latim “em sentido limitado”, refere-se aos programas de mestrado e doutorado. Vale ressaltar que no exterior o MBA é considerado um mestrado, mas no Brasil se enquadra no lato sensu.

Essa modalidade é mais voltada para quem deseja seguir na área acadêmica e científica, vislumbrando docência e pesquisas. Cada instituição apresenta um edital de admissão.

Descubra as principais diferenças

Agora que você sabe o conceito de ambas as modalidades, vamos ver as diferenças entre elas. Primeiro, a comprovação de ter realizado o curso é feita de duas maneiras:

  • no lato sensu, o aluno recebe um certificado;
  • no stricto sensu, o aluno recebe um diploma.

Além disso, o tempo mínimo para conclusão de um curso lato sensu é de 360 horas. Por outro lado, no lato stricto existem duas cargas horárias:

  • no mestrado, até 3 anos;
  • no doutorado, até 5 anos.

Complementando, o aluno que deseja concluir o mestrado deve apresentar, ao final, uma dissertação, além de demonstrar domínio em outro idioma. Já aquele que deseja concluir o doutorado, deve defender uma tese de um tema ainda não abordado na área.

Por fim, tanto o lato sensu como o stricto sensu exige que os ingressantes tenham concluído a graduação.

Conheça alguns cursos lato sensu

Falando especificamente sobre a área da saúde, vários profissionais têm buscado a pós-graduação lato sensu a fim de se especializarem. De fato, uma série de segmentos são contemplados pela modalidade, como:

Vale ressaltar que não é apenas para profissionais médicos, mas também da enfermagem, como nos cursos de enfermagem em urgências, emergências e traumas.

Agora que você entende melhor o que é lato sensu e stricto sensu, assim como as diferenças, qual seria o caminho ideal para seu plano de carreira? Algumas pessoas sonham em seguir na carreira acadêmica, outras desejam uma vida dedica às pesquisas e há ainda quem vislumbra uma mudança de área especializada. Para todos esses perfis existe uma modalidade capaz de contemplar, já decidiu a sua?

Para te ajudar, separamos um conteúdo que será importante para sua decisão. Que tal conferir quais os benefícios da pós-graduação médica? Nos vemos lá!

Você também pode gostar

Deixe um comentário