Como se especializar na área de medicina do trabalho

médica olhando para câmera
4 minutos para ler

A medicina do trabalho é uma área extremamente promissora no país, principalmente por ser uma demanda normativa para as organizações, sendo uma importante chance de sucesso profissional. Assim, há uma série de obrigações que os gestores das organizações precisam estar atentos para cumprir, inclusive, junto à Receita Federal e demais órgãos fiscalizadores.

Por isso, os médicos que desejam especializar nessa área poderão ter uma série de benefícios importantes e criarem um bom nome na carreira. Contudo, muitos que têm interesse nessa área não sabem por onde começar. Você é um deles? Continue lendo e tire suas dúvidas sobre o tema.

O que é a medicina do trabalho?

A medicina do trabalho é a área destinada para as relações entre seres humanos e ambiente de trabalho, buscando a prevenção de acidentes de trabalho, bem como melhores condições para que os colaboradores possam ter melhor qualidade de vida ao realizarem suas atividades laborais.

Assim, ela atua, principalmente:

  • de forma preventiva, trazendo mecanismos de análise de risco organizacional e indicando formas de prevenir problemas;
  • realiza exames periódicos nos colaboradores, a fim de avaliar a situação de saúde atual do colaborador, bem como analisa o quadro evolutivo;
  • minimiza riscos ocupacionais para a saúde;
  • auxilia a implementar medidas de biossegurança no ambiente organizacional.
carreira médica

Quais os benefícios de trabalhar na medicina do trabalho?

Mas afinal, qual é o interesse em trabalhar nessa área? Em primeiro lugar, a legislação brasileira exige, por meio da implementação das Normas Regulamentadoras, medidas que auxiliem na proteção dos colaboradores nas rotinas organizacionais. Algumas das NRs que estão relacionadas com isso são:

  • NR 07 – normatiza a criação dos Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO);
  • NR 06 – uso de Equipamentos de Proteção Individual;
  • NR 09 — Programas de Prevenção de Riscos Ambientais;
  • NR 17 — Ergonomia;
  • NR 20 — Segurança e Saúde do Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis;
  • NR 22 — Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração;
  • NR 24 — Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho, entre outras.

Além disso, as empresas estão atentas para que seja possível promover maior segurança e qualidade de vida para os funcionários nas atividades, indo para além das ações realizadas de forma obrigatória pela legislação vigente. Assim, algumas funções que podem ser realizadas por esses profissionais são:

  • implementar programas de proteção à saúde mental;
  • realizar consultas e atendimentos no ambiente organizacional, prestando o primeiro atendimento aos colaboradores;
  • efetuar perícias, auditorias e sindicâncias internas;
  • promover ginástica laboral ou outras atividades importantes que serão úteis para a proteção da saúde dos colaboradores, incentivando práticas físicas;
  • promover palestras e ciclos de atividades focados em promoção à saúde e vida saudável, entre outros.

Como se especializar na área de medicina do trabalho?

Para atuar como médico do trabalho, em primeiro lugar, o profissional deve já ser graduado em medicina. A partir disso, ele pode optar por realizar uma pós-graduação em Medicina do Trabalho. Nela, ele aprenderá todos os conhecimentos necessários para realizar as funções que listamos acima, bem como conhecer as normas e regras vigentes no que diz respeito à promoção à saúde no ambiente de trabalho.

Assim, no final da sua especialização, você estará apto para exercer essas atividades. É importante lembrar que, após a formação, é preciso realizar o Concurso de Título de Especialista, elaborado pela Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), que atestará se você pode, de fato, ser considerado um especialista ou não.

Atuar na medicina do trabalho pode ser uma grande oportunidade para impulsionar sua carreira na área de saúde, proporcionando bem-estar e qualidade de vida para funcionários de empresas, evitando doenças ocupacionais e levando saúde para eles.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe-o em suas redes sociais e leve-o para outros colegas que possam ter interesse no tema.

Você também pode gostar

Deixe um comentário