Qual o título que o médico ganha da SBA quando concluí a residência em anestesiologia?

SBA
3 minutos para ler

Os profissionais de medicina possuem diversas possibilidades de atuação ao se formarem, que dependerão dos caminhos de aumento de aprendizagem após a sua formação. E um dos campos que são mais frutíferos hoje para atuação é a área de anestesiologia.

Há diversos caminhos que você pode tomar para chegar até a possibilidade de atuar nessa área. E uma delas é a residência. Mas afinal, qual é o título que o profissional recebe da SBA quando conclui a residência em anestesiologia? Continue lendo e tire suas dúvidas.

Como funciona a residência em anestesiologia?

A residência em anestesiologia é um curso que dura entre 2 a 3 anos, no qual os profissionais estarão em treinamento durante todo o período para conseguirem especializar-se, seguindo esses ciclos:

  • Primeiro ciclo (primeiro ano): formação de conhecimento nas ciências básicas;
  • Segundo e terceiro ciclo (segundo e terceiro anos): você terá os conhecimentos sobre anestesiologia, na prática.

Durante o curso, os estudantes vão ter a possibilidade de dedicar um determinado número de horas no centro cirúrgico, participando de cirurgias eletivas e de emergência, lidando com diversos tipos de paciente

Qual o título que o médico ganha da SBA quando conclui a residência em anestesiologia?

Quando o médico termina o curso de anestesiologia, ele recebe o título de especialista em anestesiologia. Nesse caso, o título é conferido no final do curso, sem a necessidade de realização da prova de especialização.

SBA

Como funciona o trabalho do anestesiologista?

Normalmente o anestesiologista trabalha em esquema de plantão, em prontos-socorros e hospitais. Contudo, essa não é a única possibilidade. Você pode, por exemplo, estar presente em clínicas de exames para área de gastroenterologia (por exemplo, trabalhando na sedação dos pacientes para procedimentos de endoscopia).

Com isso, há uma série de possibilidades nas quais o profissional possa intervir para amenizar situações de dor. Contudo, suas responsabilidades não se limitam a isso. Como algumas medicações de sedação possuem possibilidades de causar problemas sérios, sendo necessário o monitoramento prévio e pós-procedimento.

Assim, ele precisa realizar a avaliação do estado do paciente e aplicar as técnicas e medidas que estejam mais alinhadas com o quadro de saúde da pessoa. Com isso, o processo cirúrgico poderá ser mais confortável.

Como o antestesiologista pode atuar?

O anestesiologista possui uma área de atuação bastante ampla, podendo atuar tanto em centros cirúrgicos quanto em pronto socorro. É parte das funções:

  • Aplicação de anestesias;
  • Gerenciar eventuais intercorrências que ocorram pós-anestésicas em quadros de cirurgias de alta complexidade;
  • Avaliação de pacientes internados para o momento pré-cirurgia;
  • Prescrição de analgesia para pacientes que tenham sido operados recentemente;
  • Realizar cuidados paliativos de maior conforto para pacientes terminais.

Diante do aumento das demandas para que profissionais atendam em UTIs, esse tem sido um mercado cada vez mais abrangente e, portanto, abre-se uma série de possibilidades para você que deseja investir nessa área.

Ao final da residência em anestesiologia, o profissional receberá o título da SBA e poderá atuar como especialista. Isso abre diversas portas para você em sua carreira.

Quer expandir suas possibilidades de atuação na área médica? Confira nossos cursos e tire suas dúvidas!

Você também pode gostar

Deixe um comentário