O que são e como utilizar metodologias ativas?

3 minutos para ler

Novos tempos cada vez mais trazem novos desafios e, consequentemente, novas soluções para os cenários atuais. Uma das mudanças para a área de ensino é o surgimento e adoção das metodologias ativas.

Elas contrapõem os métodos tradicionais de ensino e podem trazer resultados mais eficientes para a educação. Com isso, é importante que você entenda o que elas são e como utilizá-las como forma de auxiliar nos processos de aprendizagem. Continue lendo e tire suas dúvidas sobre o tema.

O que são metodologias ativas?

As metodologias ativas são aquelas que, no processo de ensino-aprendizagem, no qual o aluno é colocado no centro do processo, como protagonista. Assim, ele tem uma função ativa para absorção de conhecimento.

Isso faz com que a pessoa seja estimulada para ser responsável pelo seu próprio aprendizado, buscando conhecimentos que possam potencializar sua experiência. E, com isso, é possível que ele estenda seu processo de absorção fora dos horários de aula, de forma estimulante.

metodologias ativas

Como elas se diferenciam dos métodos tradicionais?

Para auxiliar você a entender de que forma as metodologias ativas se diferenciam das tradicionais, mostraremos um ponto a ponto a seguir, para tornar mais claro:

  • No ensino tradicional, o professor é o protagonista. Nas metodologias ativas, o aluno está no centro do processo de aprendizagem;
  • No ensino tradicional, o professor passa uma série de conteúdos, aulas expositivas e, posteriormente, é feita uma avaliação para analisar se ele aprendeu o que precisava. Já nas metodologias novas, há um incentivo para que os estudantes façam pesquisas, leituras, entrem em atividades desafiadoras, transformando esse momento contínuo.

Como utilizar metodologias ativas?

As metodologias ativas estão demasiadamente alinhadas com novas dinâmicas, principalmente, com a facilidade de absorção de novos conteúdos por meio das tecnologias, bem como ter uma postura ativa para colocar esse aprendizado em prática. Vejamos a seguir algumas dicas e exemplos de como ter essa experiência com seus alunos.

  • Chame os alunos para trazer a discussão para a sala de aula, invertendo os papéis. A técnica se chama flipped classroom. Ou seja, ele recebe o conteúdo antes, prepara-se para a discussão e eles são chamados para conduzir a conversa;
  • Pode-se enviar conteúdos de aprendizagem em casa e a sala de aula será utilizada para resolução de problemas que estejam propostos e, assim, o professor fica como uma espécie de liderança, conduzindo o processo;
  • Pode-se criar espaços de criação de projetos, trazendo o conhecimento teórico para a prática dentro de sala de aula;
  • Estímulo a estudos de caso. Ou seja, os alunos vão buscar, na vida real, aplicações práticas daquilo que está sendo ensinado.

A metodologia ativa permite tornar o ensino mais interativo, prático, eficiente e, também, mais palpável para o aluno. Assim, ele consegue identificar de que forma aquele conhecimento insere-se em sua vida e, assim, o aprendizado rende melhor. Isso é fundamental, principalmente, para o ensino superior, no qual estamos formando, também, futuros profissionais.

Achou interessante essa possibilidade? Você já implementou isso em sua sala de aula? Então aproveite e confira 4 vantagens de utilizar metodologias ativas e entenda como isso pode impulsionar seu processo de ensino.

Você também pode gostar

Deixe um comentário