O que é inteligência emocional? Entenda a importância dela na sua vida!

4 minutos para ler

A Inteligência Emocional é um termo contemporâneo utilizado pela psicologia (ciência que estuda o comportamento e as emoções humanas), esse conceito é utilizado para caracterizar a capacidade dos indivíduos lidarem com as próprias emoções.

De uma forma mais simplificada, você já se deparou com a situação de ficar bravo com outra pessoa, mas ao invés de alimentar esse sentimento, se controlou para não piorar a situação entre vocês? Caso a resposta seja sim, você utilizou a inteligência emocional ao seu favor. 

Neste artigo falaremos um pouco sobre os impactos que a inteligência emocional tem em nosso dia-a-dia, e como podemos estar sempre exercitando essa característica ao nosso favor. 

Os pilares responsáveis por compor a inteligência emocional.

 Os comportamentos humanos podem se separar em dois campos, sendo eles, o Quociente Emocional (QE) e o Quociente Inteligência (QI), que são basicamente a divisão de nosso cérebro. Ambos são extremamente importantes para o desenvolvimento de um bom profissional, um bom estudante, um bom companheiro, etc.

Quando nos referimos a inteligência emocional estamos no âmbito do QE, que é extremamente valorizado dentro do mercado. Além disso, a Inteligência Emocional é formada por alguns pilares, sendo eles:

  • Capacidade de assumir responsabilidades, seja na vida do outro e/ou na própria.
  • Reconhecimento das ações, emoções e sentimentos, próprios ou de outrem.
  • Capacidade de organizar as emoções para que não tenham impactos no dia-a-dia.
  • Capacidade de focar em objetivos, sem que as emoções interfiram no caminho.
  • Capacidade de agir e enfrentar sentimentos como a tristeza, a raiva, medo, alegria, etc.

Esses pilares foram definidos pelo Rodrigo Fonseca, Presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBIE).

Por que é importante exercitar a inteligência emocional?

No dia-a-dia nos deparamos com diversas situações que afetam diretamente os sentimentos, situações essas que trazem a cobrança, pressão e preocupação, e que tornam-se torturantes para quem não possui inteligência emocional.

Família, amigos, colegas de trabalho, estudos e metas são alguns espaços dotados de desafios que precisam de um pouco mais de atenção, e exigem ainda mais exercício dos QE.

As emoções estão em todas partes, e de acordo com a Isma-BR, representante nacional da International Stress Management Association, 9 a cada 10 empregados e estudantes possuem sintomas como ansiedade e depressão.

Exercitando o QE, o indivíduo consegue melhorar sua qualidade de vida, diminuindo os impactos negativos como os citados anteriormente, que podem levar – com saúde – a pessoa para sua meta final.

Conheça os benefícios da inteligência emocional na sua vida.

São diversos os benefícios que a inteligência emocional traz à quem faz o exercício dela diariamente. Entre esses benefícios conseguimos encontrar:

  • Aumento da autoestima e confiança própria;
  • Redução de brigas e melhor relacionamento em grupos;
  • Melhor visão para os objetivos pessoais (autoconhecimento);
  • Capacidade analítica para medir impacto de atitudes no dia-a-dia;
  • Melhora na produtividade;
  • Aumento no impacto positivo nas conquistas.

Como exercitar a inteligência emocional. 

A inteligência emocional pode ser exercitada de diversas formas, e é extremamente importante que ela seja desenvolvida para aumento da qualidade de vida e paz de espírito.

Algumas formas que você pode desenvolver a inteligência emocional:

  • Conhecendo seus sentimentos.
  • Percebendo suas emoções.
  • Administrando as ações que virão como respostas aos sentimentos.

Todas as pessoas possuem a possibilidade de colocar em prática a inteligência emocional, ajudando na conquista dos objetivos, como metas acadêmicas, referente ao trabalho e à vida pessoal.

Conheça mais sobre como os estudos podem contribuir para seu autoconhecimento, e exercício da inteligência emocional, aqui no blog da Polis Cursos.

Você também pode gostar

Deixe um comentário