BNCC: o que é e quais seus principais objetivos?

4 minutos para ler

O Ministério da Educação está sempre atento sobre as necessidades de trazer novos parâmetros para a educação básica, atualizando as questões estabelecidas atualmente para o novo cenário da educação. Afinal, as demandas atuais são muito diferentes de dez anos atrás e, portanto, é cada vez mais fundamental que você se atente para as diversas alterações que estão entrando em vigor.

Uma delas é a atualização do BNCC. Mas afinal, o que é este documento?? O que ele estabelece? E por que é tão importante para os pedagogos e especialistas na área de educação? Saiba mais neste artigo e tire suas dúvidas.

O que é o BNCC?

BNCC é a sigla para Base Nacional Comum Curricular. É um documento elaborado por especialistas e aprovado pelo Ministério da Educação (MEC), que apresenta as diretrizes que devem ser cumpridas e trabalhadas pelos profissionais de educação, sendo uma referência para um ensino de alta qualidade.

Nele, constam competências fundamentais que devem ser abordadas pelos profissionais e que as crianças devem assimilar durante sua passagem pelo ensino básico. Para isso, são elaborados objetivos e metas que devem ser cumpridos e passíveis de serem avaliados ao final do curso.

Quais são os principais objetivos do BNCC?

É importante que os profissionais de educação estejam atentos para os principais objetivos propostos pelo BNCC, já que, por meta do MEC, ele deveria ser implementado em totalidade até 2020 nas escolas, tanto na educação infantil quanto na de jovens. Vejamos os principais pontos a seguir.

Alfabetização

Na versão mais atual do BNCC, a alfabetização precisa ser concretizada até o segundo ano do ensino fundamental. Anteriormente, isso deveria ser feito até o terceiro ano. Contudo, as demandas atuais exigem que o processo seja feito mais rapidamente.

Contudo, isso não significa deixar de lado as peculiaridades de alunos com necessidades especiais. Lembre-se, também, da necessidade do ensino inclusivo, por exemplo, para alunos autistas.

Priorização das ciências exatas

A BNCC traz a necessidade de que os estudantes estejam aptos a compreenderem, de melhor forma, gráficos, tabelas e funcionamentos de bancos de dados. E, para isso, é importante que seja possível investir no ensino de ciências exatas

Ensino religioso

Com o novo BNCC, as escolas possuem autonomia para decidirem se aplicarão o ensino religioso ou não, sendo facultativo. Assim, será decisão da comissão pedagógica se vai mantê-lo ou não.

Debates de questões de gênero

Segundo o documento mais recente, assuntos relacionados com identidade de gênero e orientação sexual não farão parte do currículo mais, ainda que ele permita, por exemplo, a discussão de questões de pluralidades identitárias e alteridade.

Competências que precisam ser desenvolvidas

Além disso, é importante estar atento para as competências que precisam ser desenvolvidas segundo a BNCC. São 10 estabelecidas que devem ser aprimoradas pelos alunos, estando entre elas:

  • Valorização e uso dos conhecimentos de sala de aula para a compreensão da realidade;
  • Incentivo ao exercício livre da curiosidade intelectual no contato com a ciência;
  • Desenvolvimento de senso estético;
  • Facilitar o uso de tecnologias e meios de comunicação de forma ética, crítica e reflexiva.

Qual a importância da BNCC?

A BNCC traz questões que auxiliam a elevar a qualidade do ensino nas escolas e, portanto, permite uma educação mais consistente e capaz de empoderar as crianças para além das competências básicas. Além disso, as diretrizes também favorecem uma nova realidade do ensino, que cada vez mais mostra-se importante.

Por exemplo, elas incentivam a adoção das metodologias ativas no ensino básico. Um verdadeiro avanço. É importante estar atento, como profissional de educação, para eventuais alterações no documento, que modifiquem as diretrizes pré-estabelecidas no BNCC.

E aí, o que achou deste tema? Interessante? Então compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e leve-o para outros colegas de profissão.

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário