Os benefícios da telemedicina em período pós-pandêmico

Pólis Cursos
3 minutos para ler

A pandemia de Covid-19 acelerou muitos processos em nossa sociedade e talvez o que mais chamou nossa atenção foi o da possibilidade de conexão de pessoas fisicamente distantes em um único ambiente virtual comum.

Isso também se estendeu à medicina. Muitas reuniões e consultas passaram a ser realizadas por meio de telas. A segurança do distanciamento trouxe uma nova realidade para médicos e pacientes.

Os médicos puderam continuar a exercer suas funções, acompanhar e emitir laudos a seus pacientes sem precisar expô-los, pensando na segurança daqueles que fazem parte do grupo de risco e manter um bom relacionamento.

O que é a telemedicina?

A telemedicina é uma área da telessaúde, com o propósito de oferecer e aperfeiçoar o atendimento médico de forma remota em prol da saúde do paciente, a educação e pesquisa em saúde. Ela também possibilita a troca de informações entre colegas médicos à distância.

Com o avanço da internet e a aplicação de tecnologias modernas, hoje é possível levar um atendimento médico de qualidade à qualquer ponto do país e do mundo, permitindo aos médicos ultrapassar as barreiras físicas de seus consultórios e hospitais para diminuir demandas em locais distantes, como carência de especialistas, dúvidas sobre tratamentos e segunda opinião médica, por exemplo.

Regulamentação

Em 2002 o Conselho Federal de Medicina (CFM), com a Lei 1.643/2002, passou a regularizar o uso da tecnologia. Nessa Lei, o órgão informa que os consultórios que utilizam a telemedicina devem ter todos os recursos tecnológicos para fazê-lo, além de obedecer às normas técnicas do CFM que dizem respeito à guarda, manuseio e transmissão de dados; a confidencialidade; e a privacidade e sigilo profissional.

O CFM também ressalta a Lei 12.842/2013, onde consta que somente médicos que possuam assinatura eletrônica podem emitir laudos à distância. 

Os avanços tecnológicos da saúde trouxeram benefícios a todos. A telemedicina permite acesso a serviço médico de qualidade para aqueles que não o possuem por causa da distância. Além de ser útil ao médico, que pode prestar seu atendimento sem precisar se locomover, a telemedicina pode ajudar pacientes que não podem se dirigir à clínica, tornando seu acesso mais democrático a todos.

Você também pode gostar

Deixe um comentário